Dano Moral por Acidente em Hospital

A Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região, por maioria (2 X 1), condenou a organização social que administra o Hospital Metropolitano de Belém a pagar indenização por dano moral resultante de acidente de trabalho.
A reclamante, uma enfermeira, feriu um dedo em uma lanceta usada ao meter a mão em uma maleta que havia sido antes também usada por outro empregado. A Turma considerou que havia uma condição insegura - e não apenas um ato inseguro de culpa exclusiva da reclamante - pois as normas técnicas proíbem que a lanceta usada fique na maleta. Como a enfermeira teve que se submeter a um extenso protocolo e desgastantes tratamentos preventivos, disso resultando sofrimento psicológico e a chamada dor moral, a organização social foi condenada a pagar indenização compensatória por dano moral de R$91.800,00.
Para quem é do ramo e quiser conhecer o acórdão, logo ele estará disponível no portal do Tribunal. O número do processo é 01578-2008-002-08-00.8.

Comentários

JOSÉ DE ALENCAR disse…
Conforme as regras da casa, comentários anônimos são moderados e, eventualmente, excluídos.
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Ah, sim, democracia não rima com anonimato, pois "é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (art. 5º, IV, da Constituição da República).

Postagens mais visitadas