Hino Nacional

Agora é lei.
A partir de hoje, nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental, é obrigatória a execução do Hino Nacional uma vez por semana.
Cantou do Diário Oficial da União de hoje.
Gostei da nova lei. Quando estudei no Grupo Escolar Monsenhor Mâncio Ribeiro, em Bragança - atualmente caindo aos pedaços, lamentavelmente - nos perfilávamos todos para cantar o Hino Nacional e o Hino do Pará. Penso que esse é um ritual que não só ajuda na socialização das crianças e adolescentes como na sua formação nos dois primeiros setênios. Os anos de ditadura militar já estão longe demais para que o Hino seja a ela associado. Ele tem que ser reapropriado pela democracia e pela cidadania. A nova lei contribui para isso.
Um cuidado há de ser tomado: manter longe das escolas a versão Vanusa.

Comentários

Endosso suas palavras. Quando eu estudava no Colégio Dom Amando, em Santarém, todos os dias, antes das aulas, alunos, professores e até o diretor do colégio entoávamos o Hino Nacional, o Hino do Pará, o Hino de Santarém e ainda o Hino do CDA. Era no tempo da ditadura, mas nunca nos fez mal; ao contrário, aprendemos grandes lições de civismo.
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Prezada Franssinete,

Muito obrigado pela leitura e pelo comentário.
Fico contente em saber disso, pois a história se faz também assim.

Postagens mais visitadas