Centrais Sindicais: Reconhecimento

Finalmente as centrais sindicais brasileiras foram reconhecidas por lei, que foi promulgada ontem - que dia, hein? - publicada em edição extra do Diário Oficial e divulgada hoje, 1º de abril (que dia, hein?). Foi pura coincidência, claro.
Como é da nossa tradição, para fazer isso o Estado brasileiro foi além dos limites, invadindo espaços que deveriam ser preservados para o exercício da liberdade e autonomia sindical.
Mas como isso foi feito de comum acordo com as próprias centrais - e com a maioria dos sindicatos - vai ficar assim mesmo.
Ressalvada alguma eventual declaração de inconstitucionalidade pelo Supremo Tribunal Federal, obviamente.

Comentários

Lafayette disse…
A valer o Art. 2º e seu par. único, serão poucas tais Centrais...

...e deve ser assim mesmo!
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Caríssimo Lafayette.

1 Obrigado pela atenta leitura e pelo célere comentário.

2 Engano seu, atento leitor. Como foi tudo negociado antes com quem de direito, as centrais também se ajustaram antes, fazendo as fusões necessárias para a prévia aquisição desses requisitos.

3 Se alguma ficar de fora, terá sido por escolha própria, mas não por falta de aviso prévio.

Postagens mais visitadas