Cassino Flutuante é Navio?

Por incrível que possa parecer, no Clarín de ontem tem a explicaçao de fondo para a crise do Casino Flotante de Buenos Aires.
É um rolo - ou roleta - sindical, digamos assim.
É que os dois mil trabalhadores do Casino eram disputados por dois sindicatos (aqui na Argentina sindicato dá muita grana, desde os bons tempos de Perón, pois controlam fundos de pensao, colônias de férias etc e tal). O dos marítimos - que alegavam que a maioria dos trabalhadores eram embarcados - queriam arrastar todas as fichas, e o dos trabalhadores da jogatina também, alegando que todos trabalhavam em um ... Casino. Flotante, pero casino. Em uma refrega entre os dois grupos bateram mais que bumbos e os donos do Casino Flotante despediram uns oitenta trabalhadores, por justa causa.
O conflito foi estabelecido e judicializado (aqui nao tem dissídio coletivo como no Brasil, mas tem conciliaçao obrigatória). Uma juíza suspendeu as atividades do Casino até que o conflito fosse resolvido. E a coisa rola desde novembro de 2007. O problema agora é que na conciliaçao obrigatória querem incluir o caso dos despedidos e os donos do Casino nao aceitam.
Ontem aprontaram mais um rolo.
Como um dos donos do Casino é também dono de máquinas caça-níqueis que funcionam no Hipódromo, os trabalhadores do Casino resolveram fazer um protesto em frente ao Hipódromo, para escrachar - é assim mesmo que se diz aqui, em bom lunfardo - com ele. Aí foi a vez do grêmio dos empregados do Hipódromo fazer a contra-ofensiva. Basicamente, defendiam o sossego dos cavalos e o direito de trabalhar no Hipódromo sem ser importunados por outra luta que nao a sua própria. A polícia teve que separar os dois grupos. Enquanto isso o trânsito parou na Sarmiento.
Nessa corrida sindical um tanto esquisita - no sentido português do termo - parece que se alguém ganhar vai ser por una cabeza...

Comentários

josé luiz disse…
ESTIVE NO CASSINO NO SABADO DIA 3/4/10 E GANHEI $184,40 PESOS.
QUAL NÃO FOI MINHA SURPRESA ONTEM QUANDO FUI TROCAR OS PESOS NO CAMBIO NO AEROPORTO EZEIJA.
A NOTA DE CEM PESOS ERA FALSIFICADA.
GANHEI E NÃO LEVEI.
TENHO PLENA CERTEZA DESTA NOTA DE 100 PESOS.
JOSÉ LUIZ MARTINS
BELO HORIZONTE - MG
joséluizmartins@mljrep.com.br
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Prezado José Luiz,

Muito obrigado pela leitura e comentário.
Lamento.
Más una trampa del Flotante...
Plenitude do Ser disse…
Também conheci o Cassino Flutuante em um passeio agora em julho pela bela Buenos Aires. Ouvi que cassinos são proibidos por lá, mas como este não está em terra... parece até piada. Externamente bonito, nem parece que é um barco. Internamente... insalubre, fumaça por todos os lados, ambiente nada agradável.
Parabéns pelo blog!
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Gracias por la lectura y comentário.
Los hermanos son parecidos con nosotros...
Para ellos donde hay ley, hay trampa...

Postagens mais visitadas