Colonia del Sacramento

Sempre tive vontade de conhecer este pedaço português do Uruguay. Mas sempre dava um revestrés. Agora consegui. E valeu a pena.
Sobrou pouco dos portugueses - e brasileiros - por aqui. Os portugueses conseguiram este pedaço a Oeste de Tordesilhas na manha, na diplomacia, umas quantas vezes. Mas perdiam no braço, pois eram em seguida expulsos pelos espanhóis. Na última expulsao já éramos brasileiros e nos conformamos.
Dos tempos portugueses sobraram algumas ruínas - da muralha inclusive - e algumas poucas referências materiais. Imateriais sobrou quase nada (algum nome de família e história). Mas um sério esforço de resgate histórico valoriza esse passado, preservado em um Museu e nos relatos orais e escritos dos guias turísticos. E nos manuais escolares de história.
Pequena e encantadora, Colonia del Sacramento é um desses lugares que devemos visitar pelo menos uma vez na vida. As pousadas quatro estrelas sao lindas e, para quem gosta, tem um Sheraton de cinco estrelas com campo de golfe (18 buracos). O cassino - depressivo como todos me parecem - fica por conta da cadeia Radisson.
E para quem tem pique, vale a pena subir os cento e vinte e tantos degraus do farol para mirar o outro lado do Rio da Prata, onde Buenos Aires parece uma Metrópolis fora da garrafa.
Agora que finalmente consegui conhecê-la, todas as vezes que passar por Buenos Aires vou tirar um ou dois dias para ficar em Colonia del Sacramento.

Comentários

Cris Moreno disse…
Que chique...vou com vc na próxima... rsrsrs

Beijinhos.
Divirta-se bastante!

Adoro como vc escreve. É encantador.

Postagens mais visitadas