Flash Mobs

Quando o movimento sindical ainda se movia, os sindicados eram muito bons em ação direta.
Agora que o movimento sindical está meio paradão, quem é bom em ação direta são algumas - poucas, é verdade, considerando a miríade delas - ONGs. A melhor delas, disparada, é a Greenpeace. As ONGs, que são mais jovens que os sindicatos, aprenderam com eles e agora dão lições de ação direta aos mestres. Com carinho, claro.
Tenho insistido com os dirigentes sindicais com quem vez ou outra converso que a sobrevivência dos sindicatos passa necessariamente por sua reinvenção, inclusive dos métodos de ação direta.
Pois agora temos novidades na área e vem da Alemanha. É nada mais nada menos do que o uso de flash mobs pelos sindicatos. Com bons resultados, diga-se.
Para saber como foi a coisa, leiam aqui, no blog do Sakamoto.

Comentários

Anônimo disse…
Excelente comentário, amigo Alencar, mesmo que seja "indigesto" para alguns, não deixa de provocar a tão necessária reflexão!
Um abraço fraterno
Oswaldo Braglia
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Muito obrigado, meu caro amigo Oswaldo, pela leitura e pelo comentário.
Espero que os sindicalistas brasileiros se espertem. Ainda é tempo.

Postagens mais visitadas