Eureka

Belenâmbulo inicia mais um projeto sem prazo para começar ou terminar.
Vai ser sobre o Código de Posturas do Município de Belém.
Pediu-me ajuda para localizar o tal Código.
Achei.
Está aqui.
Achar o Código no cyberespaço é fácil.
Difícil vai ser vê-lo cumprido.
Mas o Belenâmbulo tem solução para tudo.
Vamos aguardar ansiosamente mais essa eletrizante aventura do nosso herói.

Comentários

Belenâmbulo disse…
Prezado Alencar,

Na verdade o que eu estou procurando é "aquele famoso" do início do século XX...

Mesmo assim, agradeço demais por sua pronta mobilização e contribuição.
Eu nunca havia lido o texto de nosso Código de Posturas em vigor (aliás, não conheço ninguém que o tenha feito). Bastou uma rápida olhada no documento que você disponibilizou, para despertar meu entusiasmo. É impressionante como o desrespeito a essa lei se tornou corriqueiro! A cada tópico abordado no código me vinham inúmeras cenas, incorporadas ao nosso cotidiano, que constituem infrações previstas há quase 32 anos!!! (tempo de sobra para nos adequar...)
Morri de rir sozinho. Era para ser piada... infelizmente, não é...

Minha ideia original era relacionar alguns de nossos costumes atuais ao antigo Código de Posturas da época do Intendente Antônio Lemos, mostrando como ele seria bem vindo hoje. Todavia, constatei que o mesmo contraste existe com a legislação vigente (o que é pior ainda...).

Agradeço novamente. Esteja certo de que farei uma leitura cuidadosa do código. Fotografarei flagrantes de desrespeito ao mesmo e os divulgarei lá no Belenâmbulo, sempre acompanhados da transcrição do trecho em questão, e do link para o texto completo do Código de Posturas.
O material disponível é farto... não precisarei ir até ele, pois ele salta-me aos olhos diariamente. É só andar pela cidade. Tenho curtição garantida por vários meses!

Abraço
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Prezado Belenâmbulo.

Vai ser ótimo.

Tempos atrás tive que fazer um treinamento. Coisa simples. Era caminhar de casa, em Ananindeua, até a Companhia Athletica, no Reduto, com uma mochila nas costas.
A cidade vista por quem anda a pé é outra completamente diferente.
Depois dessa experiência passei a concordar com a afirmação de que não vivemos em uma Metrópole, mas sim na Merdópolis da Amazônia.
Não quero queimar o seu filme e forçá-lo a mudar a epígrafe do blog. Mas foi essa a impressão que passei a ter depois de ir e vir muitas vezes nesse percurso.
Mas para atenuar devo dizer que a Merdópolis é metropolitana, pois a mesma sensação vale para Marituba e Ananindeua, por onde passei também caminhando, vindo de Bragança.
O registro dessa caminhada foi feito no Blog do Alencar, mas poupei os leitores dessas passagens mais escatológicas (no mau sentido, claro).
Sucesso em mais esse projeto, que vai matar muita gente de rir. E de raiva também.
Vai fundo, porque quem ama não mente.
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Meu caro Belenâmbulo.

Em tempo: vou tentar ajudar você a encontrar o Código de Posturas de Antônio Lemos.
Mas concordo que para o fim pretendido o de 1977 já é suficiente.
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Belenâmbulo disse…
Prezado Alencar,
A primeira postagem sobre o Código de Posturas será publicada na próxima sexta-feira, 01/05. Fiz uma leitura cuidadosa, e já saio de casa com a vista "adestrada" para captar imagens relacionadas ao tema.

Li o relato completo e olhei todas as fotos da caminhada que você fez. Achei ducaráleo! Muito inspirador. Adoro desse tipo de turismo.

Abraço
JOSÉ DE ALENCAR disse…
Prezado Belenâmbulo.

Muito obrigado pela leitura, pelo comentário e pelos futoros posts sobre o Código de Postura. Vai ser duca também.
Este ano vou fazer a Trilha Inca. Não vai dar para fazer posts todos os dias. Vou tentar fazer um relato posterior, de cada dia.

Postagens mais visitadas